Apresentação

Somos a Associação dos Industrias do Granito, em Portugal, sediada no concelho de Vila Pouca de Aguiar, criada em 2004 com um carácter regional, exercendo a nossa atividade no apoio às empresas de rocha ornamental e industrial, representando todos os industriais com interesse no setor das pedras naturais, como os exploradores e os transformadores.

O objetivo da AIGRA é agrupar os industriais, dinamizar e promover o setor do granito da nossa região, quer a nível nacional como Internacional, através de feiras, e parcerias com outras associações.

Os nossos empresários percebem a importância de acompanhar o desenvolvimento que existe em equipamentos, técnicas e software de forma a dinamizarem e promoverem a riqueza da pedra natural portuguesa, bem como o seu potencial em tradição e inovação e também as inúmeras formas de utilização, não só no design como na arquitetura, pelo que temos interesse em alargar os nossos conhecimentos no setor.

Atualmente, os três núcleos de exploração do granito contam com aproximadamente 30 pedreiras ativas, com diferentes fins, quer para ornamental, quer para industrial, envolvendo cerca de 20 empresas de extração e transformação e 10 empresas dedicadas somente à transformação da rocha ornamental.

Grande parte desta indústria encontra-se focada no Granito de Pedras Salgadas e no Amarelo Real, tendo-se verificado ao longo destes últimos anos, o aumento na procura quer interna, quer nas exportações, para estes produtos na sua fase de blocos em bruto ou com posteriores transformações. Relativamente ao Granito de Telões verifica-se que a exportação é mínima, sendo que o mesmo é utilizado com fins funerários pelas empresas da região.

Assim, é de realçar que a indústria do granito é um fator socioeconómico relevante no concelho de Vila Pouca de Aguiar, intitulada “Capital do Granito”, com um impacto estimado de 25 milhões de euros e cerca de 400 postos de trabalho direto.

Objetivos e Estratégia

A indústria está a recuperar uma posição relevante na agenda política enquanto pilar fundamental de sustentabilidade do modelo económico-social.

Neste contexto, o sector tem um potencial significativo de contribuir para o crescimento sustentável e para a criação de emprego, alinhado com os interesses dos industriais e cidadãos afetados pelo sector e salvaguardando o ambiente.

Mais do que nunca, ser membro de uma associação é uma ação imprescindível pois o associativismo é maneira possível para procurar e obter soluções que permitam crescer e evoluir, com garantias e prosseguir com a tarefa de consolidação deste sector.

Desta forma a AIGRA pretende ser o vínculo de comunicação entre os industriais do sector do granito e as entidades oficiais com responsabilidades no setor.

Baseando em objectivos concretos tais como:

  1. Reconhecer as principais necessidades dos Associados;
  2. Implementação de um Gasóleo Industrial;

III.       Rever o papel do Estado, na criação das condições e soluções necessárias à dinamização da economia e, especificamente, alterar políticas e medidas que não se adequam às atividades desenvolvidas no setor;

  1. Desenvolvimento dos polos extrativos, quer nos acessos, quer na industrialização;
  2. Procurar, impulsionar e incentivar as candidaturas aos apoios de incentivo, particularmente os que decorrem de necessidades do sector;
  3. Estimular a ligação do ensino e o sector;

VII.      Promover o contacto entre os associados e a sua atuação comercial conjunta, aproveitando sinergias e potenciando a capacidade de atuação comercial no mercado;

VIII.    Promover um maior número de ações de formação de curta duração, com vista ao desenvolvimento de competências sócio profissionais no nosso sector;

Buy now